Perdi Um dos Meus Animais de Estimação




Hoje é um dia triste para mim e para a minha família. Fomos surpreendidos com a partida da nossa cadelinha de estimação. A Paquita, com apenas 5 anos, foi atropelada numa zona onde andam sempre imensas crianças a brincar na rua por uma "pessoa" que nem parou! A Paquita sofreu uma fratura no diafragma e não aguentou a operação. 

Quem tem animais sabe como estes podem ser a nossa maior companhia, são fieis, atenciosos e sabem animar os nossos dias e por isso a dor de os ver partir também é enorme. 
Este não é o primeiro animal de estimação que morre. Há dois anos faleceu a pequena Iris, a gata mais amável e querida à face da terra. Era uma gata mesmo pacífica e só queria miminhos. Foi envenenada. Também já desapareceu a Badocha, uma gata extremamente simpática, brincalhona e gorda (daí o nome). 

Criamos uma conexão muito grande com os nossos animais e mesmo sabendo que o ciclo de vida deles é mais curto que o nosso não estamos preparados para quando isto acontece. Quem não tem animais não entende o que é ver partir um companheiro. Os meus animais fazem parte da família por isso é mais um vazio para a nossa casa. 
Era uma cadela muito pouco sossegada (pilhas Duracell mesmo), muito brincalhona - também devido à idade - gostava de comer, dormir no sofá e saltar para cima das pessoas quando tentávamos descansar. Não gostava do padeiro, nem da Galinha de plástico que compramos para ela brincar mas gostava muito da Tucha e do Peúgas (os dois gatos da casa). Gostava de brincar com a ovelhinha, o cãozinho e de escavar buracos no jardim (coisa que a minha mãe não achava muita piada). Ficamos sem o “aspirador” das migalhas e dos grãos de arroz que caiam no chão e agora não vão desaparecer mais bifes das travessas nem croissants das mãos.
Não podia sair de casa e ver alguém desconhecido na "nossa" rua mas era muito amável para quem conhecia.  

Não me sinto culpada pelo que aconteceu, sinto um misto de dor e raiva por quem a atropelou e nem sequer pediu desculpa! Fizemos tudo que podíamos, tanto nós como a Clínica Veterinária onde foi operada. Sei que a deixei em boas mãos mas o impacto do acidente foi muito grande. 

Agora vamos aprender a lidar com a ausência da Paquita, da falta das traquinices dela e da companhia que fazia.

Com isto percebi que ainda existe muita maldade no mundo, que por vezes o dinheiro fala mais alto do que a ética. 

Espero que para a próxima exista um maior cuidado porque por muito que a cadela se possa "ter atravessado à frente" existe muitas crianças que também o fazem! Por muito que gostasse de apanhar o culpado e perceber realmente o que aconteceu não existiram testemunhas.

Quero deixar um agradecimento a todos os que nos ajudaram - Muito Obrigada! 


Até já Paqui! 






You May Also Like

9 comentários

  1. È sempre muito triste, lamento que estejas a passar por isso.
    Eu sou uma louca por cães, e infelizmente também passei por isso. De momento tenho 4 patudos, mas 2 deles já estão bem velhinhos e a qualquer altura, passarei novamente por esse drama.
    Um beijinho e muita força

    ResponderEliminar
  2. Força. É um sentimento horrível. Se é terrível perdê-los na velhice... com causas não naturais...

    ResponderEliminar
  3. Desejo-te muita força para conseguires superar esse momento difícil,tudo de bom,eu te desejo!!

    ResponderEliminar
  4. Os meus sentimentos minha querida! Eu sei que custa imenso, mas desejo-te tudo de bom <3

    Beijinhos,
    Dezassete | HALLOWEEN MAKEUP

    ResponderEliminar
  5. É uma dor insuportável quando perdemos um dos nosso bichinhos.
    Infelizmente sei bem o que é isso é nunca vai passar essa dor. Apenas acalma.
    Força.

    Beijinhos
    www.pirilamposemarte.com

    ResponderEliminar
  6. Ola Angela! Fico muito triste pelo sucedido, espero que consiga encontrar conforto.
    Um beijo,
    Salomé

    http://salomedemoura.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Poxa, que notícia triste.
    A única coisa que eu tenho para te dizer é para você se lembrar sempre de tudo de bom que a Paquita trouxe para você e sua família. É realmente uma tristeza essa perda. Mas desejo que você encontre conforto.
    Um beijo
    5 O'clock Tea

    ResponderEliminar
  8. Ena! É muito dolorosa a perda de um patudo! Ainda para mais desta forma. Muita força para estes próximos dias. E continua a fazer isto mesmo: recordar os melhores momentos.
    Beijinho,
    Joana Neves
    Http://jnemparis.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Há uns meses aconteceu-me o mesmo e sei o quanto isso é devastante. Perdi a minha cadelinha...
    Muita força!
    beijinhos.

    www.pipaboavaiela.pt

    ResponderEliminar