I'll Always Miss You - Quando a Saudade Aperta


Saudade.
Hoje é um dia difícil para mim, sinto a tua falta. Sinto falta daquilo que eras, do que transmitias e do que oferecias. Sinto a falta dos teus gritos matinais para que todos saltassem da cama, sinto falta da tua chegada, da tua força de vontade e de te ver a tratar dos morangos.



Passaram 36 meses desde que nos deixaste. Partiste cedo e com tanto por fazer. Nessa altura tinha a sensação de ter ficado sem chão, perdi uma das minhas raízes e afoguei-me num mar de perguntas que ficarão sempre por responder.

Dizem que quanto mais repentina é a partida mais exige de nós, mas eu não acredito. Eu vi-te adoecer, sofrer e a partir lentamente e isso foi-me matando aos bocadinhos. Mesmo sabendo que já não havia forma de contornar a situação eu agarrei-me à esperança e foi difícil digerir a realidade. A tua morte exigiu muito de mim!

A dor de te ver partir ensinou-me muito e espero que onde quer que estejas sintas orgulho naquilo que me tornei.

Quando se esta com raiva, existe a palavra. Quando existe a felicidade, existe o abraço. Quando existe a tristeza, existem as lágrimas. Quando se tem saudade, não existe nada. Não existe olhar, cheiro, sorriso ou voz. Saudade é um vazio e uma falta



Saudade é o que eu sinto quando me lembro de ti e é na saudade que sinto a tua presença. Quando a revolta e a dor passaram ficou a saudade.


I'll always miss you, daddy! 

You May Also Like

13 comentários

  1. Muita força querida é o que te desejo porque as palavras faltam...
    Beijinho e boas energias que te ajudem a iluminar a vida e aliviar a dor!

    http://sosweetgirlythings.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Posso partilhar contigo que, por mero acaso, enquanto lia este post dava na Rádio a Música do Salvador Sobral, "Amar pelos Dois" e fez todo o sentido para mim... porque espero que esse teu coração, que não ama sozinho definitivamente, um dia pare de sangrar com essa perda (porque nunca parará de doer, creio eu) e que as melhores recordações te invadam sempre que te sentires triste. Força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parar de doer acho que não, mas "habituei-me" a dor :)
      Obrigada pelas palavras. Beijinhos

      Eliminar
  3. Querida, muita força! És uma rapariga fantástica e por partidas a vida te pregue nunca deixes de ser quem és! Eu não sei o que é, mas passei por uma situação idêntica e estou aqui para o que precisares <3

    Beijinhos,
    Dezassete

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Daniela, tens sempre boas palavras para dar :)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Sei que não há nada que eu possa dizer que te faça sentir melhor :(

    Só te desejo muita força e coragem que é preciso para enfrentar a saudade e continuar a vida!
    Um abraço muito grande e muita força!
    Where I Belong

    ResponderEliminar
  5. Muita força ♥
    Não há palavras suficientes no mundo para te reconfortar neste momento, mas existem gestos - por isso envio-te um enoooooorme abracinho.

    Muitos beijinhos
    http://marta-raminhos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Tambem perdi o meu pai ha 3 anos...
    Muita força*
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  7. Também perdi o meu pai há uns anos. Precisamos sempre deles tenhamos nós 5, 10, 30 anos, sei a saudade e a dor que sentes , resta-nos esperar que estejam num sítio melhor e que os ensinamentos que nos deixaram, serão sempre as nossas bases. Um grande beijinho
    Segui o teu cantinho
    www.escrevelaesta.blogspot.pt

    ResponderEliminar